DOENÇAS
 » ACIDENTE VASCULAR CEREBRAL ( derrame cerebral )
 » AMILOIDOSE CARDÍACA
 » ANEURISMA DA AORTA ABDOMINAL
 » ANEURISMA DA AORTA ASCEDENTE E TORÁCICA
 » ANGINA INSTÁVEL
 » COLESTEROL
 » COMO FUNCIONA O CORAÇAO
 » DIA MUNDIAL DO CORAÇÃO ...
 » Diabetes
 » DISTÚRBIOS DA CONDUÇÃO ELÉTRICA CARDÍACA (bloqueios de ramo e hemibloqueios)
 » DOENÇA ARTERIAL CORONARIANA
 » DOENÇA ARTERIAL PERIFÉRICA (artérias mesentéricas)
 » ENDOCARDITE INFECCIOSA
 » ESTENOSE MITRAL
 » HIPERTENSÃO
 » HIPOTENSÃO
 » INSUFICIÊNCIA CARDÍACA
 » O QUE É NEUROPATIA DIABÉTICA?
 » OSTEOPOROSE
 » PALESTRA SOBRE HIPERTENSÃO
 » PROBLEMAS VALVARES E SEUS DIAGNOSTICOS
« voltar ENDOCARDITE INFECCIOSA          Imprimir
O que é ?

A endocardite infecciosa é uma inflamação do endocárdio que acomete as valvas cardíacas.É causada principalmente por bactérias, com formação de uma lesão característica,chamada de "vegetação". Ocorre em qualquer idade, porém é mais freqüente em pessoas idosas, do sexo masculino, e a lesão valvular preexistente é condição quase obrigatória para seu aparecimento. O uso de drogas endovenosas por pacientes dependentes também é fator de risco para endocardite infecciosa.
Inúmeros microorganismos podem causar endocardite infecciosa. Entretanto, em mais de 80 % dos casos os responsáveis são bactérias Gram - Positivas do tipo estreptococo e estafilococo.

Patogenia

Os microorganismos circulantes,geralmente após manipulação dentaria , vão depositar-se na superfície da valva lesada, multiplicando-se rapidamente. Formam colônias e estimulam a trombose, determinando a formação de vegetações, que são estruturas compostas por colônias de bactérias dentro de uma matriz de fibrina e plaquetas com poucos leucócitos. Esta estrutura acaba formando uma barreira que a isola da circulação e a protege não somente das próprias defesas do organismo, como dos antibióticos. Em alguns casos, esta lesão pode evoluir e formar abscessos com destruição da valva e lesão do sistema de condução, o que pode ocasionar bloqueios e arritmias.

Quadro Clinico

A endocardite infecciosa é caracterizada pela presença de sinais de infecção sistêmica, como febre alta diária, sudorese noturna, fadiga, mal-estar geral, fraqueza, anorexia, perda de peso e artralgias, que persistem por varias semanas antes do diagnostico ser feito. A o diagnostico tríade clássica que orienta o diagnostico é a presença de febre, anemia e sopro cardíaco. Menos freqüente é a observação de sinais de isquemia periférica, insuficiência cardíaca aguda por perfuração das valvas ou ruptura das mesmas ou das cordas tendineas, e infarto do miocárdio por embolia coronariana.
Ao exame físico é observada mudança nas características de sopros preexistentes ou aparecimento de novos sopros, geralmente de insuficiência mitral ou aórtica. Podem ser detectados sinais de insuficiência cardíaca, esplenomegalia, petequia na pele, olhos e mucosas, e sinais de embolização periférica ou para sistema nervoso central.
O diagnostico é feito pelo quadro clinico e pela demonstração do microorganismo em culturas de sangue, alem da demonstração de vegetações ou abscesso pela ecocardiográfica.

Tratamento

O tratamento com antibióticos deve ser indicado logo após a coleta de hemoculturas e devera se estender por 4 a 6 semanas. O tratamento cirúrgico, com troca da ruptura da mesma. Alem disso, o tratamento cirúrgico após a antibioticoterapia convencional esta indicado sempre que a endocardite ocorrer em prótese valvar.
A endocardite infecciosa é fatal se não tratada. Entretanto, com o tratamento consegue-e a cura em 95% dos casos. São fatores de mal prognostico o aparecimento de insuficiência cardíaca congestiva, abscesso do anel, infecção de prótese, presença de microorganismos Gram- Positivos ou fungos, alem do desenvolvimento de insuficiência renal.
Sem duvida, o mais importante é a prevenção da endocardite infecciosa com antibióticos, que devera ser feita em todo individuo portador de lesão valvar ou de valva aórtica bicúspide quando submetido a intervenções dentarias ou outros procedimentos que possam levar a bacteremia transitória.

 

A Clínica | Doenças | Artigos | Vídeos | Localização | Fale Conosco
© Copyright 2017 www.vanderleimdasilveira.com.br - .(54) 3045-4840 - Todos os Direitos Reservados